Check-in: Adultos: Reserve Agora
Noites: Crianças:

Izzy Gordon

IZZY GORDON

Izzy Gordon é uma cantora negra brasileira de dar orgulho a esse país.

Dona de um registro vocal sedutor e muito afinado, a diva de Bono Vox e Paul McCartney vem conquistando seu espaço no concorrido mercado de cantoras.

Izzy Gordon consagrou sua voz através do jazz e da bossa nova. Depois de 20 anos de carreira, se apresentando nos melhores palcos do Brasil e do mundo, a cantora decidiu ir além com o disco O Que Eu Tenho Pra Dizer(2010), produzido e lançado pelo selo Label A. Este é o segundo álbum da diva negra de voz potente, porém é o primeiro onde ela realmente expressa seus gostos por ritmos, melodias e timbres. Vale lembrar que em 2006, Izzy debutou nas prateleiras com uma homenagem a sua tia, a fabulosa Dolores Duran, através do álbum Aos Mestres Com Carinho.

A artista ainda debuta como compositora na faixa-título, que coloca a bossa nova em contato com a cuíca.

Em 2011, recebeu o convite da gravadora Joia Moderna para fazer um projeto calcado essencialmente na obra de alguns dos nossos maiores e mais expressivos compositores negros. Izzy Gordon empresta sua alma de intérprete emocionada à esses clássicos da nossa música e surpreende ouvintes mais assíduos acostumados ao seu suingue em discos sacolejantes.
"Negro Azul da Noite" também é um convite para curiosos por novas cantoras descobrirem Izzy Gordon, como eu, que um dia descobri seu registro caseiro de "Pescador de Ilusões" do grupo O Rappa e me apaixonei imediatamente por sua voz surgindo assim o convite para fazer esse disco(Zé Pedro – DJ e diretor do selo Jóia Moderna)

Biografia

Izzy cresceu ouvindo jazz e bossa nova. Filha de Dave Gordon e sobrinha da cantora Dolores Duran, conviveu desde criança com nomes como Jair Rodrigues, Tim Maia, César Camargo Mariano, Rita Lee, Wilson Simonal, Cassiano, e muitos outros que apareciam em casa para conversas e jam sessions com seu pai.

Sua carreira começou com canjas nas casas noturnas onde Dave Gordon trabalhava. Mas foi no musical Emoções Baratas, do diretor José Possi Neto, que Izzy confirmou seu talento como cantora e viajou pelo Brasil.
Em 1993 gravou no disco 23, de Jorge Ben Jor, com quem saiu em turnê. Em 1995 foi convidada pelo músico Skowa a integrar a primeira formação do Grêmio Recreativo Amigos do Samba Rock Funk Soul. Com o grupo, gravou o álbum Via Paulista mais uma vez ao lado de Jorge Ben Jor e fez shows com Ed Motta. De Naum Alves de Souza partiu o convite para homenagear mulheres como Elis Regina, Chiquinha Gonzaga, Dolores Duran e Ângela Maria com o musical Divas EnCanto que aconteceu em 1997, no Sesc Pompéia-SP.

Uma passagem interessante na carreira da cantora, foi receber o covite para dois shows exclusivos para a banda irlandesa U2, em São Paulo. O convite veio da própria produção de Bono e cia, que escutou o então recém-lançado primeiro CD Aos Mestres com Carinho – Homenagem a Dolores Duran. Bono Vox deu até uma canja em “I´ve Got You Under My Skin” e de quebra, Izzy recebeu elogios de ninguém menos que Quincy Jones, que acompanhava o U2 na ocasião. Vale lembrar que o trabalho em homenagem à tia Dolores Duran recebeu duas pré-indicações: Grammy Latino e Prêmio TIM.

Sua versatilidade e ecletismo a levaram para outros palcos. Fez backing vocal para o Deep Purple e Jorge Ben Jor, participou de shows com Emicida, Margareth Menezes, Elba Ramalho, Paula Lima, Banda Black Rio, Max de Castro, Gerson King Combo, Zizi Possi, Fernanda Porto, Ed Motta, Léo Maia e muitos outros. Izzy tornou-se uma cantora difícil de rotular e de repertório diversificado, pois passeia pelo jazz, bossa, soul e MPB com muito charme e talento.
Izzy circula por todos os eventos e festivais de jazz e blues do Brasil, como o Festival de Jazz e Blues da Guaraminga, Ceará; Visa Búzios Jazz & Blues, Rio de Janeiro; Festival de Jazz de Porto de Galinhas e Festival de Jazz de Garanhuns, ambos em Pernambuco. Também passou por inúmeros eventos populares como o show da Consciência Negra no Vale do Anhangabaú, ao lado de Rappin Hood; o projeto Circuito Original, ao lado de Dona Ivone Lara e Oswaldinho da Cuíca; o Festival de Música do Jardim Jangadeiro, no Capão Redondo, com Leci Brandão, Sandália de Prata e Stanley Jordan; e a abertura da Mostra Cultural Cooperifa, a convite do poeta Sergio Vaz. Isso sem contar o Teatro Municipal, um dos palcos mais cobiçados de São Paulo.

Ao final de 2010, a cantora recebeu convite da direção do Hotel Hyatt para uma nova apresentação. Desta vez, a festa era para comemorar o aniversário da namora de Sir Paul McCartney.  O sucesso da apresentação foi tão grande, que o ex-Beatle cantou com ela: É COM ESSE QUE EU VOU.

Além da canja especial, Sir Paul recebeu carinhosamente o CD da cantora e ainda pediu autógrafo.


Izzy Gordon diz sobre o Ilha de Toque Toque Jazz Festival: "Muito feliz em fazer parte da 2ª edição do Ilha de Toque Toque Jazz Festival. Quero mostrar minha música com todo amor, pois é um festival novo, que ano passado levou grandes artístas, espero contribuir para que o evento se consolide e faça parte da agenda do maravilhoso litoral norte."


Ilha de Toque Toque Jazz Festival

Saiba mais: www.izzygordon.com

Show dia: 23/06/2012


RESERVE AGORA!


Conheça um pouco do trabalho de Izzy Gordon:

Voltar


Voltar